Todas as peças Crín Dána são produzidas individualmente e de forma artesanal. Esta característica faz com que possam haver pequenas diferenças nas peças que, contudo, não afetam o resultado final do produto, mas tornam cada peça única.  Também propiciam a total personalização, dentro da nossa política de criação e do nosso escopo de trabalho, propiciando a cada cliente uma volta ao passado desde a encomenda de suas vestimentas sob medida ou joias personalizadas, na qual ele/ela escolhe as cores, materiais e padrões que deseja em sua peça histórica.

Ao utilizarmos matéria-prima natural e de qualidade em vestimentas e joias que podem ser passadas de geração para geração, contando histórias sobre o passado e a ancestralidade de cada um, acreditamos estar propiciando aos nossos clientes um modo de criar um vinculo com seus ancestrais ou com as culturas antigas que se identificam e lembrá-los de um tempo onde a vida caminhava em passos mais lentos e tudo era feito por mãos humanas, com perícia e dedicação.  E essas escolhas consistem também em um estilo de vida e em meio a uma percepção mais serena do mundo, o Crín Dána pode oferecer a seus clientes um produto gerado a partir do trabalho e da atenção humana, dedicada pacientemente a aquela peça, dotada portanto de energia.

Com o compromisso de trazer artefatos arqueológicos à vida, todas as matérias-primas são escolhidas cuidadosamente para atenderem às características históricas, na medida do possível. Por isso não utilizamos matéria-prima sintética e evitamos ao máximo produtos nocivos ao meio ambiente ou processos excessivamente modernos, inclusive de fornecedores, dando prioridade a compra de materiais mais naturais ou feitos de forma artesanal e local/regional. Dessa forma pensamos estar incentivando a continuidade e multiplicação da produção manual e natural e fomentando uma sociedade mais consciente e menos consumista.

As peças de metal são feitas de Prata 925. Peças em Ouro podem ser feitas sob encomenda. Não fazemos joias banhadas, pois além de utilizarem ácidos e produtos tóxicos em sua produção ainda requerem maquinário e produtos químicos perigosos. Da mesma forma algumas partes do processo de tratamento e finalização modernos foram modificados, eliminando o uso de ácidos e outros produtos, priorizando o polimento manual através do uso de várias graduações de lixas e processos mais demorados de manuseio, assim como o uso de tambores de polimento que imitam técnicas antigas de polimento com areia.

Para as roupas são escolhidos tecidos lisos, com textura e padrões históricos ou xadrez, e de fibras naturais como o linho puro ou lã natural pura, dependendo da disponibilidade de padrões e opções sazonais. Os detalhes de algumas vestimentas também poderão ser em seda pura, seguindo os achados arqueológicos. Devido à dificuldade de achar e ao preço do linho puro, a exceção à pureza da fibra natural é o linho misto na composição 55% Linho e 45 % Viscose, pois sem essa adaptação os valores das vestimentas de outono-primavera-verão seriam inacessíveis a uma boa parte das pessoas. A viscose é uma fibra natural feita a partir de um processo artificial. e não interfere com a textura e caimento do linho natural, por isso optei por usar o linho misto que contém uma percentagem dela como uma opção de valor mais viável ao linho puro.

As fitas e cintos de Tablet Weaving seguem os padrões históricos, sendo produzidos em seda pura ou lã de carneiro, adquiridas de empresas artesanais que utilizam roca para produzir o fio e corantes naturais ou tingimento através de ervas.  Alguns fios especiais de lã de carneiro fiados em fuso medieval e alguns tingimentos naturais são feitos na própria oficina Crín Dána.

As contas são todas de vidro, importadas da República Tcheca, ou de pedras naturais. A República Tcheca tem tradição na confecção das contas de vidro que remonta à Antiguidade e esta manufatura exerce um papel social e econômico importante em sua região. Essa tradição, o fato de não haver a produção de contas de vidro no Brasil e a qualidade superior das contas Tchecas fez com que estas ganhassem nossa confiança e preferência.

As madeiras utilizadas são escolhidas entre madeiras nobres europeias, como o carvalho e o abeto, ou nativas brasileiras, como a araucária. Estas são coletadas a partir de galhos caídos de árvores ou de reaproveitamento de madeira de demolição, sem danificar nenhuma árvore para sua aquisição.

No Crín Dána há uma preocupação com o conhecimento, o passado e a história, mas há também espaço para a criação de novas joias sem esquecer destas premissas. A partir da adaptação de artefatos arqueológicos, folclore e até monumentos criamos novas gamas de joias inspiradas na Antiguidade, mas para pessoas modernas. Embora essas peças não sejam reconstruções fiéis de artefatos da Idade do Bronze, Idade do Ferro e Alta Idade Média, ou seja, até o século XII, as inspirações são vinculadas a estes períodos, no que tange, principalmente, às descobertas arqueológicas das regiões ditas Célticas, Eslavas, Germânicas e Escandinavas da Antiguidade e Antiguidade Tardia.